jump to navigation

Mais uma vitória ! 29/12/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
1 comment so far

O Pittsburgh Steelers conseguiu mais uma vitória, dessa vez contra o Baltimore Ravens e com um show não de Ben Roethlisberger, mas sim LaMarr Woodley que com seu ótimo trabalho defensivo conseguiu praticamente ganhar o jogo para o time de Pittsburgh. Na verdade os Steelers não ganharam o jogo, afinal o time jogou bem mas a secundária deu chances para o Ravens ganhar. Foram os Ravens que perderam para si mesmos e para as faltas que cometeram, que anularam dois touchdowns e uma interceptação para o time de Baltimore e por sinal todas as faltas foram bem marcadas pelos juízes, sem razão para um possível “chororô”.

O primeiro quarto foi favorável para Pittsburgh, e em dois bons drives da equipe os Steelers conseguiram marcar dois Field goals logo no primeiro quarto e os Ravens marcaram um em um bom drive com corridas de Ray Rice. Porém logo no início do segundo quarto após um punt péssimo do punter Sam Koch o time do Steelers aproveitou e o running back Rashard Mendenhall correu para mais um touchdown na temporada. Ainda no segundo quarto os Ravens diminuíram a diferença com um passe de touchdown de Joe Flacco para o tight end Todd Heap e logo em seguida os Steelers descontaram com um belo touchdown de Santonio Holmes que recebeu a bola na linha de 24 do campo de ataque e levou a bola até a endzone, deixando a vantagem de 20-10 no intervalo.

No terceiro quarto só deu Baltimore, e os Ravens marcaram um touchdown em mais uma recepção de Todd Heap e o kicker Billy Cundiff empatou o jogo. Porém no quarto período Jeff Reed acertou um Field goal que garantiu a vitória para os Steelers. Placar  final, Steelers 23 x 20 Ravens.

Como já falamos anteriormente os Ravens tiveram dois touchdowns e uma interceptação anuladas por falta e isso obviamente custou o jogo para a equipe. Já os Steelers não fizeram um grande jogo mas o ataque fez sua parte e pontuou bem e a defesa garantiu a vitória quando necessário. Porém mesmo com a vitória a ida aos playoffs dos Steelers continua muito difícil e mesmo com a sequencia de duas vitórias cada vez mais fica aparente a necessidade do time de um grande companheiro para Troy Polamalu e um cornerback para ajudar Ike Taylor.

Estatísticas

Passando

Ben Roethlisberger- 17/33, 259 jardas, 1 TD e 1 interceptação.

Correndo

Rashard Mendenhall- 17 tentativas, 34 jardas e 1 TD.
Willie Parker- 2 tentativas e 17 jardas.

Recebendo

Santonio Holmes- 5 recepções, 86 jardas e 1 TD
Mike Wallace- 3 recepções e 83 jardas.
Hines Ward- 4 recepções e 37 jardas.

Defendendo

LaMarr Woodley- 10 tackles, 2 sacks e 1 fumble forçado.
James Farrior– 8 tackles e 1 interceptação.
James Harrison- 5 tackles e 1 fumble forçado.
Ziggy Hood- 2 tackles, 1 sack e 1 fumble recuperado.

O Steelers Brasil ainda fará durante essa semana uma projeção sobre uma improvável ida dos Steelers aos Playoffs, fique ligado !

Anúncios

Big Ben rouba a cena … mais uma vez 21/12/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
5 comments

Numa vitória espetacular dos Steelers sobre os Packers por 37 a 36 um jogador fez mais uma recorde da franquia. O quarterback Ben Roethlisberger conseguiu incríveis 503 jardas, maior marca na NFL desde novembro de 2006 e a maior marca na história da franquia, agora vamos explicar como ele conseguiu isso. No início do jogo Ben já começou bem, lançando um passe espetacular

Incrível de 60 jardas para o calouro Mike Wallace que recebeu a bola e correu até a endzone para marcar o primeiro touchdown do jogo. Porém logo em seguida a defesa começou a falhar e em uma third down Greg Jennings recebeu um passe pelo meio, quebrou três tackles da fraca secundária adversária e fez um touchdown de incríveis 83 jardas, o maior em sua carreira. Ainda no primeiro quarto os Steelers marcaram outro touchdown, só que dessa vez com Rashard Mendenhall após uma série de passes de Ben e uma interferência sofrida por Santonio Holmes.

Logo no início do segundo quarto, após um bom drive do Packers o kicker Mason Crosby errou um Field goal de ridículas 34 jardas, e obviamente botou a culpa no vento. Ao longo do segundo quarto os Steelers foram caindo de produção e por diversas vezes Big Ben segurou a bola mais que o necessário e acabou sackado e como conseqüência disso e das falhas da secundária Aaron Rodgers marcou um touchdown correndo quatorze jardas com a bola. Só que os Steelers ainda tiveram tempo para marcar um touchdown com Mewelde Moore antes do primeiro tempo acabar. O touchdown foi resultado de vários passes precisos do quarterback Ben Roethlisberger. Placar no intervalo, Steelers 21 x 14 Packers.

Após a volta do intervalo o time dos Steelers pareceu mais ligado e logo de cara marcou um Field goal de 37 jardas com o kicker Jeff Reed, que parece ter se acertado após de ser preso no início da temporada. Porém no início do quarto período o Steelers parecia que queria entregar o jogo e logo de cara os Packers marcaram um touchdown em uma corrida de 24 jardas do runnning back Ryan Grant, que por sinal foi a única com mais de 4 jardas. Logo em seguida os Steelers se redimiram e marcaram um Field goal de 43 jardas e tomaram a vantagem de 30 a 28.

Após o terceiro Field goal de Jeff Reed a situação do jogo mudou, e em uma tentativa inusitada de onside kick os Steelers levaram a pior já que IkeTaylor não esperou a bola avançar dez jardas e a pegou antes o que resultou em uma posse de bola para os Packers que marcaram um touchdown fácil com James Jones. Agora vem a parte heróica do jogo. Steelers na linha de 19 jardas com dois minutos no relógio e ai começou a virada de Big Ben. E em uma 4th down Big Ben completou um passe de 32 jardas para Santonio Holmes que animou a torcida. Só que com diversas faltas da linha ofensiva os Steelers foram voltando no campo e acabaram numa situação difícil e em uma 3rd and 15 a estrela de Ben brilhou mais uma vez e ele acertou um passe de 20 jardas. Agora vem a razão porque Ben Roethlisberger é o quarterback com mais clutch da liga. Ele lançou um passe de 19 jardas para o wide receiver Mike Wallace que fez uma incrível recepção e o cronômetro acabou zerado e logo após o extra point de Jeff Reed a vitória foi garantida.

Adivinhem quem perdeu ? 11/12/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
3 comments

Nesta quinta-feira o Pittsburgh Steelers perdeu para o Cleveland Browns e provou que não tem mais clima para essa temporada. O time jogou sem vontade e foi batido pelo sistema wildcat com Joshua Cribbs implantado pelo treinador Eric Mangini. Não vamos falar do jogo pois não há muito para falar além de que Big Ben mais uma vez estava apático e que James Farrior pela primeira vez provou que talvez esteja na hora de parar.

O que fazer ano que vem ?

  • Renovar o time. James Farrior está perdendo muitos tackles ultimamente e vai fazer 35 anos em Janeiro. Keyaron Fox provou ser um monstro fazendo tackles e pode ser um ILB extremamente competente, quem sabe até no nível de Farrior. Também está na hora de botar o jovem Ziggy Hood na linha defensiva e Ramon Foster na ofensiva. Os safeties Tyrone Carter e Ryan Clark estão no último ano de contrato e talvez não tenham seus contratos renovados, então um ou dois safeties podem vir no FA ou no Draft para acompanhar Troy Polamalu e Ryan Mundy no time.
  • A vontade. Nas quatro últimas semanas o Steelers que nós vimos jogar não foi aquele time vibrante e positivo do ano passado, muito pelo contrário, foi um time frio e sem vibração, totalmente diferente do Pittsburgh Steelers que nós conhecemos.
  • Mudanças. O técnico Mike Tomlin prometeu mudanças gigantescas para esse jogo contra o Browns, porém no campo não se viu isso. Joe Burnett provou ser mais um dos vários talentos da equipe, porém Ike Taylor novamente foi o titular e novamente falhou diversas vezes e Keyaron Fox praticamente nem jogou durante o jogo, o que facilitou a derrota da equipe já que James Farrior não estava em uma noite boa. Também será necessário mudanças no staff, que cada dia me parecem mais certas, como tirar o coordenador ofensivo Bruce Arians, que cada dia parece mais fora do time.
  • Falta de medo de Ben. O quarterback Big Ben Roethlisberger correu com a bola uma vez no jogo e sofreu diversos sacks por não ter mobilidade. Claramente Ben estava abalado e com medo de sofrer alguma outra lesão. Ele não saiu nenhuma vez do pocket no jogo e não jogou a bola fora nenhuma vez e tomara que ele saiba que para o sucesso do time é extremamente necessário que ele faça essas duas coisas, que ele não anda fazendo nessa sequencia de derrotas.

Agora também temos que fazer uma menção para quem anda jogando bem. E não consigo falar de outra pessoa que não seja Rashard Mendenhall. O running back que foi muito criticado ano passado por não manter uma ligação forte com os Steelers foi o único que jogou com vontade e deu tudo de si nesses jogos que o time perdeu. Estou certo que o contrato de Willie Parker não vai ser renovado e que temos um futuro Pro Bowler no nosso time.

Pensando no ano que vem 07/12/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
6 comments

Neste domingo o Pittsburgh Steelers sofreu uma derrota lamentável. O time perdeu para o Oakland Raiders em casa na frente de sua torcida e as chances de a equipe conseguir ir aos playoffs são baixas.

Quem viu o jogo notou claramente que a secundária foi ridicularizada pelos fraquíssimos wide receivers do Raiders, e podemos ver que a linha ofensiva funcionou muito bem até. Então só resta uma alternativa, draftar um cornerback no primeiro round do draft no ano que vem ou contratar um jogador de peso para suprir a falta de talento por parte de William Gay e os lapsos que Ike Taylor anda tendo. O Raiders fez 21 pontos no último quarto, todos em passes e dois passes foram resultados de falhas ridículas do limitadíssimo William Gay e a outra falha foi um lapso de Ike Taylor que ficou muito atrás do recebedor do Raiders no lance do touchdown. Taylor teve provavelmente o pior jogo de sua boa carreira, e as consecutivas falhas da secundária custaram a derrota para os Steelers.

O que não está dando certo esse ano ?

  1. Das seis derrotas dos Steelers adivinhem quantas foram sofridas nos últimos dois minutos ? TODAS AS SEIS. Isso é um dado ridículo, que nenhum time que almeja alguma coisa pode ter. Como solucionar isso? É muito simples, o time anda muito frio e calculista nos últimos jogos e já vimos que isso não anda dando muito certo. Nós queremos aquele time vibrante, que a cada jogada fazia os torcedores irem a loucura e não esse time que não vibra, não comemora e não ganha jogos.
  2. Troy Polamalu não jogou sete jogos na temporada, e adivinhem, dos seis jogos que o Steelers perdeu, Polamalu não jogou ou jogou menos de um quarto. Ele é um jogador EXTREMAMENTE importante para esse time, e notamos nas últimas semanas que Ryan Clark cai muito de produção sem seu companheiro e Tyrone Carter é muito limitado. Já Ike Taylor está no pior ano da sua vida e William Gay não serve como um jogador titular, quem sabe como nickel ele não seja mais eficiente.
  3. Ben Roethlisberger, que sempre foi conhecido pela sua fama de clutcher não anda justificando isso nessa temporada. Ben teve CINCO chances de ganhar os jogos nos últimos dois minutos ou na prorrogação, e ele só conseguiu uma vez, na semana 1 contra o Tennessee Titans. Cadê o nosso quarterback que ganhou um Super Bowl quase impossível de ser ganhado e jogou um drive como poucos quarterbacks na história jogaram ?

Bom, agora é o fraco Cleveland Browns pela frente, mas vou ser sincero … Não duvido que o time perca se continuar tendo os mesmos defeitos ridículos. Para mim a temporada acabou, não adianta nem pensar em playoffs e a alternativa mais correta talvez seja procurar reforços para essa limitada secundária. Draftar um cornerback de ponta no draft, contratar um grande cornerback pra fazer sombra pra Ike Taylor que sobra como o melhor cornerback da equipe. E a terceira medida e a que mais necessita urgência para mim é contratar um safety reserva que consiga suprir Polamalu com alguma eficiência.

Por hoje foi só, valeu!

Go Steelers!

A inexperiência custou o jogo 30/11/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
2 comments

Neste domingo o Pittsburgh Steelers perdeu para o Baltimore Ravens em um jogo onde o quarterback Dennis Dixon foi a surpresa, porém a sua inexperiência acabou custando a derrota no final do jogo. Não vou comentar como foi o jogo, porque isso pode ser ver no site da liga ou em qualquer site sobre esportes.

Vamos falar sobre onde o time pecou e como isso pode se resolver. Vou começar falando sobre a falta de confiança do técnico Mike Tomlin no quarterback Dennis Dixon. Tomlin em diversas vezes utilizou exageradamente a corrida, o que pode ter desgastado Rashard Mendenhall e deixa obviamente nosso ataque mais prevísível. Um bom exemplo da desconfiança de Tomlin é quando os Steelers receberam a bola no final do segundo quarto com pouco menos de um minuto e ciquenta e cinco segundos no relógio, porém o time só correu com a bola naquela situação. Agora vamos falar onde o próprio Dixon pecou. O jovem quarterback correu duas vezes com a bola, uma seria uma corrida de aproximadamente 40 jardas, se não fosse anulada por um holding de Mewelde Moore na jogada e a outra corrida foi uma de vinte jardas, que resultou em um touchdown, então se estava dando certo porque não correr mais ?

O jogo acabou indo para o overtime, e lá numa 3rd and five foi onde um erro de playcalling que custou o jogo ocorreu, a jogada que facilmente podia ser convertida em uma corrida lateral por Mewelde Moore, Rashard Mendenhall ou até mesmo com um sacramble de Dixon foi um passe do jovem quarterback, que com certeza sentiu a pressão e lançou uma interceptação que foi realizada por Paul Krueger e acabou resultando na vitória do Ravens.

E agora, o que fazer, a temporada acabou ? Não, nem perto. O time tem 5 jogos agora, e tem a obrigação de vencer todos para quase que com certeza se garantir nos playoffs pelo wildcard. Semana que vem o time vem completo, com Ben Roethlisberger e Troy Polamalu liderando o time contra o fraco Oakland Raiders a frente da torcida que com certeza cobrará uma vitória do time jogando em Pittsburgh.

Um dia para se esquecer 23/11/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
1 comment so far

Nesta tarde o Pittsburgh Steelers sofreu um dos resultados mais humilhantes das últimas temporadas. Perdeu para um dos piores times da liga, o Kansas City Chiefs, e o pior de tudo, não jogou com nenhuma autoridade e não impôs o respeito que um time campeão do Super Bowl deve fazer.

O quarterback do Kansas City, Matt Cassel provou mais uma vez que não é o mesmo da temporada passada, onde substituiu muito bem o quarterback titular da equipe Tom Brady. Cassel jogou muito mal apesar de seus dois touchdowns, ele completou apenas 50% de seus passes, porém os que acertou foram decisivos, como o passe para Chris Chambers que resultou no empate dos Chiefs, onde o nosso safety Ryan Clark estava de costas. Apesar disso, acho que não podemos botar a causa da derrota como culpa da lesão de Troy Polamalu.

O time pela segunda semana seguida estava muito apático, e apesar de Big Ben ter conseguido stats muito bons, nosso quarterback foi muito mal em jogadas decisivas, como quando recebeu a bola com pouco menos de dois minutos no relógio e não conseguiu nada ou no overtime, onde Ben teve a chance de ganhar o jogo e também não conseguiu. Talvez os problemas no tribunal estejam atrapalhando nosso quarterback em campo. Ben se machucou na última jogada ofensiva dos Steelers, e o reserva Charlie Batch assumiu seu posto. Mas pelo visto a lesão (causada por uma pancada) não é nada demais.

Vale ressaltar também que o time sofreu mais um touchdown de retorno e cosneguiu a ridícula marca de 4 touchdowns de retorno sofridos na temporada, a pior marca na história da franquia, um fato realmente lamentável e que já deveria ter sido trabalho pro Mike Tomlin e os coordenadores dos Special Teams, mas tenho certeza que após essa derrota ridícula isso será trabalhado.

Agora com todos os problemas e com um princípio de crise, os Steelers tem uma boa notícia. O Cincinnati gosta tanto de Pittsburgh resolveu pagar um mico tão grande ou até maior que o nosso time e perdeu para o Oakland Raiders. Já os Browns perderam pros Lions e os Ravens perderam pros Colts, então essa série de resultados ainda mantém os Steelers na briga pelo título de divisão.

Na próxima semana os Steelers enfrentam o Baltimore Ravens, em Baltimore, com transmissão da ESPN. Uma vitória pode botar novamente o Steelers na briga pela divisão, porém uma derrota pode resultar em uma crise e várias mudanças no Pittsburgh Steelers.

Mais uma derrota 16/11/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
4 comments

Em um dos piores jogos que eu já vi o Cincinnati Bengals ganhou do Pittsburgh Steelers por 18 a 12, e perder do Bengals não é tão humilhante, mas a forma que o Steelers perdeu, é sim.

derrota bengals

O jogo foi completamente ridículo, nenhum ataque conseguiu fazer um touchdown e não foi nem porque as defesas estavam jogando bem, mas foi por incompetência mesmo. O unico touchdown do jogo foi marcado em um retorno do running back Bernard Scott. O resto da pontuação foi toda marcada em field goals.

Por que perdemos ?

Os Bengals não jogaram bem e nem mostraram que podem ir a lugar nenhum, longe disso. Os Steelers estão me decepcionando nesta temporada, principalmente após esse jogo, com a torcida pressionando e tudo pesando a favor da nossa equipe, Ben Roethlisberger consegue ter um dos piores jogos de sua carreira.

O jogo corrido não conseguiu ser estabelecido, e a linha defensiva dos Bengals foi muito bem em alguns momentos do jogo, mas a secundária deles foi ridícula. Houveram pelo menos uns quatro passes que passaram entre as mãos dos nossos recebedores e que as recepções não foram completadas. Big Ben também parece que esqueceu de jogar football, e em quatro viagens a red zone a equipe conseguiu só quatro field goals, enfim, um trabalho ridículo na red zone. A linha ofensiva na red zone também foi muito mal, e cedeu dois sacks, o que também complica.

A defesa trabalhou muito bem, e merece elogios. A secundária não deixou Chad Ochocinco entrar no jogo e Palmer fez um jogo tão ridículo quanto Big Ben. James Harrison e LaMarr Woodley conseguiram dois sacks e pressionaram Palmer em várias situações do jogo.

Enfim, semana que vem tem Chiefs no Arrowhead Stadium. Essa derrota pode ter sido boa para acordar o time, mas também pode ter complicado a briga pela liderança da divisão. Agora o Bengals tem uma sequencia de jogos ridícula, Raiders fora e Browns e Lions em casa, então fica difícil tirar essa vantagem nos próximos jogos.

Fique ligado no Steelers Brasil para notícias durante a semana.

Mais um show ! 18/10/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: ,
5 comments

Heath Miller TD blog

Pittsburgh Steelers 27 x 14 Cleveland Browns

Em uma tarde inspiradíssima do quarterback Ben Roethlisberger, os Steelers conseguiram uma vitória tranquila encima do fraco Cleveland Browns.

O jogo começou frio, só que Ben Roethlisberger sofreu um fumble. Logo em seguida os Browns usaram a formação wildcat várias e várias vezes consecutivas e chegaram até a linha de quatorze jardas do campo dos Steelers, até que o wide receiver Joshua Cribbs surpreendeu a todos com um passe na formação wildcat e lançou uma interceptação para nosso safety que retornava de lesão Troy Polamalu.  No drive seguinte Ben Roethlisberger utilizou muitas vezes o tight end Heath Miller, que vem em um ano fantástico, e o encontrou na endzone após um ótimo trabalho da linha ofensiva que deu tempo para Big Ben lançar.

Logo em seguida o nosso quarterback lançou um passe de cinquenta e duas jardas em deep para Hines Ward, e aumentou a vantagem dos Steelers para dois touchdowns. Mas logo no kickoff, o returner dos Browns Joshua Cribbs conseguiu retorno para touchdown, usando de sua velocidade e da bela sequencia de bloqueios do special team do time de Cleveland. Com a vantagem comprometida Big Ben novamente utilizou bastante Heath Miller e a equipe chegou perto da goal line de Cleveland, e ele lançou um passe para o mesmo Miller na endzone, só que o touchdown foi invalidado e a jogada foi considerada um passe incompleto, então Jeff Reed conectou um field goal, que novamente aumentou a vantagem para duas posses de bola.

Derek Anderson sackedNa volta do halftime em um raro momento de habilidade Derek Anderson fez um bom drive e na goal line lançou um pase de uma jarda para o fullback Lawrence Vickers. O ataque dos Steelers voltou ao campo, e novamente Big Ben lançou um passe para Hines Ward em deep, dessa vez para 45 jardas e posicionou o time na goal line adversária. O running back Rashard Mendenahall fez o touchdown de duas jardas, foi o seu quarto no ano.

Na jogada da foto, podemos ver Derek Anderson em suas atividades semanais. Anderson sofreu um fumble sofrido pelo linebacker Lawrence Timmons, só que logo em seguida o nosso running back Willie Parker também sofreu um fumble, que foi recuperado pela equipe dos Browns.

No quarto período o jogo ficou bem chato, e a unica pontuação foi um field goal de Jeff Reed. Final de jogo: Steelers 27 X 14 Browns.

Pontos Positivos

lawrece timmons

  • Lawrence Timmons – Timmons que é a escolha de primeiro round de 2007, tem sido sensacional até agora nessa temporada e está sendo superior ao antigo tiular da posição Larry Foote, que na última offseason assinou um contrato com os Lions.
  • Ben Roethlisberger – O quarterback está em uma temporada incrível e mais do que nunca está na briga pelo título de MVP e de Offensive Player of the year.
  • Recebedores – Os nossos quatro principais recebedores (Ward, Holmes, Miller e Wallace) jogaram muito bem e causaram o terror na secundária do Browns.

Ponto Negativo

  • Coverage Unit – Nosso coverage unit não fez um bom trabalho no jogo, e após muito tempo levou um touchdown em retorno.

Estatísticas

Passando
Ben Roethlisberger
23/35, 417 jardas, 2 touchdowns e 1 interceptação.

Correndo
Rashard Mendenhall – 17 tentativas, 62 jardas e 1 touchdown.
Willie Parker – 7 tentativas, 26 jardas e 1 fumble.
Mewelde Moore – 5 tentativas e 20 jardas.

Recebendo
Hines Ward – 8 recepções, 159 jardas e 1 touchdown.
Santonio Holmes – 5 recepções e 104 jardas.
Heath Miller – 5 recepções, 80 jardas e 1 touchdown.
Mike Wallace – 2 recepções e 50 jardas.

Defendendo
Lawrence Timmons – 5 tackles, 2 sacks e 2 fumbles forçados.
Troy Polamalu – 4 tackles e 1 interceptação.
Ryan Clark – 2 tackles e 1 interceptação.
Brett Keisel – 6 tackles
Ike Taylor – 6 tackles

Semana que vem é um jogo díficil, Vikings em casa! Fique ligado no Steelers Brasil para mais notícias.

Comente!

Enfim vitória ! 05/10/2009

Posted by Bruno in Sem categoria.
Tags: , ,
2 comments

Mendy blog

O jogo

Em uma noite de um ataque fantástico e defesa dando mole no último quarto o Pittsburgh Steelers finalmente conseguiu vencer, após duas rodadas de derrotas.

MooreNo primeiro tempo deu absolutamente tudo certo para nós. Rashard Mendenhall marcou o primeiro touchdown na sua carreira num belo drive com suas corridas e bons passes de Big Ben. E logo depois num drive muito parecido na linha de vinte jardas Big Ben lançou um passe curto para Mewelde Moore, que pegou a bola e cortou três defensores do Chargers para chegar a endzone e ampliar a vantagem para 14 a 0. Enquanto isso no ataque dos Chargers a equipe simplesmente não conseguia passar pela até então consistente defesa do Steelers, com a secundária funcionando muito bem.

Antes do intervalo os Steelers ainda conseguiram marcar mais um touchdown na corrida de duas jardas de Rashard Mendenhall, que em seu primeiro bom jogo como titular já fez dois touchdowns. Então o jogo foi para o halftime com os Steelers liderando com uma boa vantagem de 21 a 0. Parecia que o jogo ia ser fácil né ? Pois vejamos que não.

No segundo tempo a defesa começou trabalhando muito bem e forçou os Chargers a chutarem um punt. No drive Big Ben lançou três passes de mais de quinze jardas para Hines Ward e Mendenhall conseguiu uma corrida de dez jardas, então perto da endzone quando todos esperavam um scramble de Big Ben, que costuma ser muito eficiente em scrambles na goal line, mas não, Ben lançou um passe de 6 jardas para o tight end Heath Miller. Continua fácil né ?

Pois então o nosso querido amigo Philip Rivers começou a jogar, e num drive com várias falhas da secundária, Rivers lançou seu primeiro de dois passes de touchdown para Antonio Gates. E logo depois Stefan Logan recebeu um punt, onde forçou desnecessariamente e acabou tendo a bola roubada pelo jovem fullback Jacob Hester, que correu para a endzone e deixou o jogo 28 a 14.

chargers steelersLogo em seguida tivemos a jogada mais bizarra em um jogo dos Steelers nos últimos anos. Os Steelers estavam na linha de seis jardas do ataque, e todo mundo esperava uma corrida com Mewelde Moore posicionado no backfield, então Moore recebeu a bola como o previsto só que lançou a bola, surpreendendo todos. E nessa jogada Heath Miller conseguiu a recepção e foi um touchdown, simplesmente bizarro.

Porém o jogo não estava acabado, e em menos de três minutos os Chargers marcaram dois touchdowns, um lançado para Antonio Gates e outro para Chris Chambers. Só que os Chargers ainda estavam sete pontos atrás, e foi tarde demais quando Jeff Reed acertou um field goal de 42 jardas e acabou com o jogo.

Estatísticas

Passando

Ben Roethlisberger – 26/33, 333 jardas e 2 touchdowns.
Mewelde Moore – 1/1, 6 jardas e 1 touchdown.

Correndo

Rashard Mendenhall – 29 tentativas, 165 jardas e 2 touchdowns.
Santonio Holmes – 1 tentativa e 7 jardas.
Ben Roethlisberger – 4 tentativas e 3 jardas.

Recebendo

Hines Ward – 8 recepções e 113 jardas.
Heath Miller – 8 recepções, 70 jardas e 2 touchdowns.
Santonio Holmes – 4 recepções e 52 jardas.
Mike Wallace – 2 recepções e 47 jardas.

Defendendo

James Harrison – 5 tackles, 2 sacks e 1 fumble forçado.
Aaron Smith – 2 tackles e 1 sack.
Ryan Clark – 6 tackles.
James Farrior – 5 tackles.

Pontos Positivos

  • Rashard Mendenhall – Finalmente o jovem jogador se saiu bem em um jogo de temporada regular. Mendy se mostrou um rápido e forte running back, que com espaço é capaz de escapar de tackles e fazer jogos fora de série, como esse. Agora é esperar que isso se torne regular, para Mendenhall ser o nosso titular ano que vem.
  • Linha Ofensiva – Sinceramente, enquanto eu vivesse nunca achei que veria isso aqui. A linha se postou muito bem e abriu bastante espaços para o nosso jovem running back correr com a bola. Para a proteção do passe a linha também foi bem, apesar da defesa dos Chargers ter conseguido três sacks, apenas um foi culpa da linha ofensiva.
  • Heath Miller – Tranquilamente um dos melhores jogos da carreira de Heath Miller, que foi simplesmente genial em situações de 3rd and short, e também provou que é um alvo exepcional quando o objetivo é a endzone, tanto que conseguiu dois touchdown.

Ponto Negativo

  • Defesa no 4º período – A defesa novamente não se saiu bem no quarto período e se não fosse a boa vantagem adquirida pelo ataque ao longo do jogo com certeza teriamos sofrido uma derrota. A secundária levou passes longos desnecessários, mas semana que vem Troy Polamalu deve voltar e esse problema talvez seja resolvido.

Considerações Finais

Foi um ótimo jogo do ataque, mas nem tão bom para a defesa. Mendenhall correu muito bem com a bola e conseguiu novamente a confiança do técnico Mike Tomlin. O Pass Rush está começando a funcionar, James Harrison conseguiu dois sacks hoje e aumentou seu número da temporada para três, porém Woodley continua em branco esse ano.

Semana que vem é contra o Lions ! Continue ligado no Steelers Brasil para mais notícias.